Isometrias no IPE

A matemática está à nossa volta, está em todo o lado. Explorar os conceitos e observar a sua aplicação em contexto real torna a aprendizagem mais ativa e envolvente.
Nós, professores, temos e deveremos aproveitar o que os espaços nos reservam e como tal, usá-lo para cativar, envolver e trabalhar com os nossos alunos.
Depois de preparado o projeto Isometrias no IPE, em colaboração com a professora Carla Costa de Educação Visual, debatemos e definimos os passos a seguir.
O desafio lançado aos alunos desenvolveu-se em várias etapas. Numa primeira fase, compreender e procurar os tipos de isometrias. De seguida foram procurá-las pela escola e fazer os respetivos registos. Aqui contamos com a colaboração da professora Alexandra Gonçalves para efetuar os registos fotográficos. As isometrias foram exploradas na aula de Matemática e de seguida decoradas na aula de Educação Visual.
O trabalho está visível neste vídeo e, com orgulho, esteve presente na exposição de final de ano letivo no Instituto dos Pupilos do Exército.

IPE is a Associate Showcase School
Querer é Poder!


Minecraft in Math class!

Many of us, math teachers, discuss how we can work with our students on certain mathematical content. The demands of the curricular goals, the formality and the distance that they can have to reality are challenges that we must overcome.

It is not the purpose of this publication to talk about this subject, but I share with you an activity that I developed with my students from Instituto dos Pupilos do Exército. You will be able to verify the students’ involvement in the whole process and their willingness to be in the classroom and learn math.

The goal was simple, recreating three quadrangular pyramids of the Gizé pyramid complex in Minecraft.

How was this work developed?

The pyramids of Keops, Kephren and Snefru are the three largest pyramids in height and students would have to recreate them in Minecraft. But how did they proceed? This is the stage where the work has moved into the working groups.

After studying the construction of the pyramids, checking the shape of the base, knowing the length of the sides and height, it was necessary to make some calculations. If each block in Minecraft actually corresponded to 2.7 meters, how many blocks would it take to form the base? Done the calculations and the respective roundings began the constructions.

They verified that for the pyramid of Kéops, whose base has 230 x 230 meters, they would have to put 85,2 blocks (230: 2,7 = 85,2) and that rounded to the unit would correspond to 85 blocks. In total, filling the base of the Keops pyramid, it was required to have 7225 cubes which corresponds to the 852.

At the end they found the following values:

 This activity was included in the subject Proportions / Direct Proportionality and allowed to revise the basic mathematical relations.

Sway, a revolutionary app?

edu_1100x373_illustration_teacher-resources-overview-content_en-US

 

The technological world advances on ultrasonic speed.

This phrase, applied over the past few years, and repeated over and over, continues to be a good reference to the rapid technological evolution.

Through time online world businesses are looking to stimulate users with new APP ´ s. Today I will speak of one, SWAY.

For some people it still an unknown tool, for others it is an online application that has generated a lot of interest. In a very easy way you can create a web presentation where you can talk and share your stories, travels, interactive reports, or Newsletters.

This set of potential is more enriched by the possibility that gives to include text, pictures, videos from our pc, Onedrive or Youtube, tweets, Charts, and OneNote notes. But, it seems to me that other great improvements are coming. In my view the panoply of sources where we can get content will increase, as the App itself has evolved over time.

One of the curious aspects of Sway is related to the fact that, when searching the contents that we want to add to our presentation, the Sway uses photos of Bing and the results presented are tags with Creative Commons licenses. Continue reading “Sway, a revolutionary app?”

New learning environments in IPE: a classroom experience of math and sciences

This was the theme and the challenge addressed to me. This Friday the 2/19/2016 held the first part of the Pedagogical Days in IPE (Instituto dos Pupilos do Exército) and the AE das Laranjeiras.

The program included the following speakers:

Opening – IPE, School Headmaster Coronel Miranda Soares;
• Performance of the Choral and Instrumental Group of IPE, which featured the work of Professor Irene Alexio;
Communications:
  • Literacy, education and school librarychallenges and responses, Dr Luis Salema, School Teacher Manuel Teixeira Gomes (Portimão);
  • New learning environments in IPE: a classroom experience of mathematics and natural sciences, Dr José Marques,  math teacher in IPE;

Closing Dr. Hamilcar Santos, Director of the AE Laranjeiras.

My presentation was essentially in what I do with my students and in what I believe to be a response for current challenges to school and teachers.

Let us begin by thinking, what are the existing professions in 10 years? In 10 years, our students are entering the job market, what to expect? Will the school provided and developed the capabilities and responded to their needs? In addition I shared my experience while Microsoft Innovative Educator Expert and my last ten years in this initiative. And I talk about my Skype in the Classroom experience, OneNote with students, presentations in Sway, ando so much more.

Continue reading “New learning environments in IPE: a classroom experience of math and sciences”

“Novos ambientes de aprendizagem no IPE”

Esta foi a temática e o desafio que me foi lançado. Esta sexta-feira, dia 19/02/2016 decorreu a primeira parte das II Jornadas Pedagógicas do IPE (Instituto dos Pupilos do Exército) e do AE Laranjeiras.

Do programa constaram as seguintes intervenções:

  • Abertura – por parte do Sr. Diretor Coronel Miranda Soares, do IPE
  • Atuação do Grupo Coral e Instrumental do IPE, que contou com o trabalho da professora Irene Aleixo;
  • Comunicações:
    • “Literacia, pedagogia e biblioteca escolar- desafios e respostas”, Dr Luís Salema, Professor na Escola Secundária Manuel Teixeira Gomes (Portimão);
    • “Novos ambientes de aprendizagem no IPE: uma experiência em sala de aula de Matemática e Ciências Naturais”, Dr José Marques, professor de Matemática do IPE
  • Encerramento – Dr Amílcar Santos, Diretor do AEL

A minha apresentação recaiu essencialmente naquilo que faço com os meus alunos e naquilo que acredito que é uma resposta aos desafios atuais que são colocados à escola e aos professores.

Comecemos então por pensar, quais serão as profissões existentes daqui a 10 anos? Daqui a 10 anos os nossos alunos estão a ingressar o mercado de trabalho, o que os espera? Terá a escola providenciado e desenvolvido as capacidades e respondido às suas necessidades? Para além disso partilhei a minha experiência enquanto Microsoft Innovative Educator Expert e os meus últimos dez anos nesta iniciativa.

Podem consultar aqui a apresentação e a seguir algumas imagens do evento.

Fotografias do evento.

Entrevista ao Jornal da Beira

jornal

Foi mais um desafio que abracei, responder às perguntas da jornalista Emília Amaral. Muitos colegas já me perguntaram como podem conhecer o programa dos #MIEExpert e utilizar a tecnologia em sala de aula.

Veja um pouco da minha visão sobre a escola, a sociedade e claro está conhecer um pouco mais o meu trabalho. Se deixarem um comentário eu agradeço 😉

Entrevista publicada no Jornal das Beiras do dia 04/02/2016.

Kodukup 2015 – Primeiros passos

kodukup20153, 2, 1, … GO! Acaba de ser lançada a maior competição sobre programação, a Kodukup 2015! Se é uma das escolas envolvidas no programa IP1CEB desafiamo-lo a si e aos seus alunos a conhecerem o fantástico mundo do Kodu e a participar neste concurso.

Por onde começar?

  • Comece por descarregar o Kodu Game Lab aqui;
  • Adira ao grupo do Facebook KoduPt para colocar as suas dúvidas e questões;
  • Consulte o regulamento do concurso disponível (brevemente);

Em breve mais novidades!

e0d3c8ef[1]JM

‪#‎kodukup2015‬ ‪#‎MIEE2015‬ ‪#‎Kodu‬ ‪#‎msftedu‬

Webcast Office365 – Formação

 Caros amigos e professores,

No último ano letivo  tive a oportunidade de poder trabalhar, no Agrupamento de Escolas de Benfica, com alunos e encarregados de educação através da plataforma Office365. Apesar de termos dado apenas os primeiros passos, os alunos através da sua conta aprenderam a utilizar as potencialidades do email, do OneDrive e da partilha de documento (para edição conjunta) e do Office online.

Estamos a iniciar um novo ano letivo e a Microsoft Educação vai lançar um conjunto de iniciativas sobre o Office365 para profissionais da educação que já utilizam e os que querem conhecer e dar um pontapé de partida nesta plataforma. Aqui fica o convite e as datas de realização das Webcasts.

I Y Office 365 e I WANT Office 365 serão as 2 sessões diárias dinamizadas mensalmente – com perspetivas diferentes sobre a iniciação e desenvolvimento do Office 365 para a Educação. 

A série de Webcasts I Y Office 365 destina-se às instituições de ensino que já são utilizadoras do Office 365 e que pretendem aprofundar os seus conhecimentos sobre a utilização e potencial do Office 365 na Educação.

A série de Webcasts I WANT Office 365  destina-se às instituições de ensino que pretendem conhecer o Office 365, sendo uma oportunidade para perceber as suas funcionalidades e potencial na Educação.

CALENDARIZAÇÃO DAS SESSÕES DE WEBCASTS * (clicar)

2015

30 de setembro

28 de outubro

25 de novembro

 

10h30 às 13h00

I Y Office 365

I Y Office 365

I Y Office 365

 

14h30 às 17h00

I WANT Office 365

I WANT Office 365

I WANT Office 365

 

 

 

 

 

 

Sobre a programação | About Coding

PT|ENG (see below)
Na altura dos balanços decidi fazer um post sobre Programar na escola com o Kodu. Apesar de muitos acharem que programar é o mesmo que brincar… jogar… e perder tempo, partilho convosco a minha experiência.
Nos últimos anos tenho recorrido à programação como uma forma de colocar os meus alunos a discutir, a descobrir, a relacionar e terem mesmo de pensar como resolver situações. Aliar isto tudo a uma história por eles criada sai um produto totalmente feito por eles. O que se consegue mais? A interajuda. É verdade, os alunos para além de ignorarem o toque de saída, ajudam-se uns aos outros e chegam mesmo a desafiar-se.
Este ano não foi diferente, mas o melhor de tudo foi colocar esses mesmos alunos que aprenderam a programar a transmitir aos pais tudo o que aprenderam, mas principalmente o que descobriram. Não acham que desta forma desenvolvemos muitas competências? Não será que os nossos alunos ficarão mais interessados pela escola?
JMe0d3c8ef[1]

Começar com uma despedida | Start by saying goodbye

PT | ENG

Este ano letivo foi repleto de novos desafios. Com novas ideias na manga e com novos alunos decidi arrojar e puxar pela sua imaginação. Fiquei muito contente com os resultados e isso foi bem visível no seu empenho, na sua dedicação sobre os trabalhos pedidos, mas acima de tudo pela vontade que evidenciaram em querer mais e mais.
Continue reading “Começar com uma despedida | Start by saying goodbye”